sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Samba, de todos os cantos, obrigado por enxugar meu pranto


Por Carlos Pinho.


A minha fé renasce a partir dos sambas que vivo, que ouço e que faço
No samba não há dogma e nem perseguição
O samba é de todos os deuses e de nenhum 
É o amor, sem barreiras nem amarras, cantando por si

E quando estou triste, entregando os pontos de tão cabisbaixo,
É no seu compasso que me refaço
Mais forte, mais sensato, com uma paz sem dimensão
Meu sacro-profano samba, nem sei o que seria de mim sem ti

Por tantas já passei, e os bambas do céu e da terra mal sabem 
As vidas que já salvaram com a sabedoria dos seus versos
E a exatidão dos acordes que parecem comuns

No entanto, dizem mais que sermões imersos
Nas profundezas do ódio; nem mantras, tampouco orações foram além
Somente o samba tocou minh’alma e, com uma voz materna... 

Foi capaz de ensinar que esse coração não é reles, 

nem tão-somente mais um.



7 comentários:

  1. Boa, Pinho. Mandou bem pra c*ralho!!! \o/

    ResponderExcluir
  2. marquei "belo" rsss mas nada a ver com o pagodeiro.

    ResponderExcluir
  3. Quer Aumentar Seus Ganhos com seu blog ??
    Acesse: http://www.ganhosweb.com

    ResponderExcluir
  4. Música é sempre muito bom!!!
    Seguindo e aguardando sua visita em http://alternativassonoras.blogspot.com.br/ Abraços!!!

    ResponderExcluir
  5. Blog muito bom. Espero visitas e seguidores para meus blogs :)
    Estou necessitando de paraceiros para eles
    www.filateliavaltermarques.blogspot.pt
    www.canarios-valtermarques.blogspot.pt
    www.culinaria-receitasabores.blogspot.pt
    www.drinks-receitas-cocktails.blogspot.pt

    ResponderExcluir