terça-feira, 3 de maio de 2011

Barça X Real: uma história para além das 4 linhas



Por Carlos Pinho

No mundo do futebol, existem várias equipes que rivalizam e proporcionam, aos seus torcedores, partidas de grande repercussão. No Brasil, por exemplo, temos o caso de Flamengo e Fluminense. Entretanto, nos últimos anos, nenhum jogo conseguiu movimentar tanto os amantes da bola de diversas partes do mundo como um Barcelona e Real Madrid.

No entanto, nem todos sabem como surgiu essa rivalidade, que nasceu a partir de questões sociais, políticas e culturais das regiões onde se encontram esses clubes. E o que isso tudo tem a ver com o futebol?

A cidade de Barcelona é a capital da comunidade autônoma da Catalunha. O idioma catalão é preservado, assim como a sua cultura. Porém, não possui autonomia política. O nacionalismo catalão é muito forte e o estatuto espanhol prevê o direito à sua nacionalidade. Algo que, em outras épocas, não existia.  E a equipe da capital, foi um símbolo de resistência. Em 1925, durante a ditadura de Primo Rivera (1923-1930), a torcida barcelonista vaiou o hino da Espanha. Em represália ao ato, o clube foi fechado por seis meses e o seu presidente na ocasião, Joan Gamper, pressionado, teve de renunciar à presidência. No regime do General Franco (1939-1975), as manifestações culturais, que não as castelhanas, foram oficialmente proibidas. Um dos poucos lugares onde se podia falar o idioma catalão era o estádio do Barça, o Camp Nou.

 Di Stéfano com a camisa do Barcelona

O Real Madrid é o time da capital espanhola e representa a nobreza e o poder de Madrid. O “Real” que inicia o nome do clube merengue é um título concedido pela realeza. Contudo, a rivalidade acirrou-se a partir de 1953, com a polêmica transferência do craque argentino Alfredo Di Stéfano, do Barcelona para o Real Madrid. Na época, o Real estava em decadência e o grande time madrilenho era o Atlético. Mesmo assim, os torcedores do Barcelona não se conformaram e viram o caso como uma “traição” por parte de Di Stéfano.   

Di Stéfano no Real Madrid

Hoje, essas duas equipes de vastas histórias e tradicionalíssimas se enfrentarão, pela fase semifinal da Liga dos Campeões da Uefa. O jogo será realizado em Barcelona e o clube catalão tem a vantagem do empate e de perder por até um gol de diferença, já que no primeiro jogo, em Madrid, venceu o Real por 2 a 0. Ironia ou não, o time da Catalunha poderá ser campeão da Europa na casa do maior rival, o Santiago Bernabeu, sede da final desta edição do torneio.    

  Os protagonistas atuais: Messi (Barcelona) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid)

Que vença o belo futebol!

3 comentários:

  1. LEGAL TEU BLOG... TO SEGUINDO... SIGA-NOS

    DIVULGUE NOSSO BANNER EM SEU BLOG
    E LUCRE COMISSÕES, AO PARTICIPAR
    SEU BLOG É DIVULGADO GRÁTIS.

    www.psdesigner.com.br/entretenimentos

    OBRIGADO!
    Marcos Roberto

    ResponderExcluir
  2. E DEU BARÇA O FUTEBOL BONITO GANHOU ,NÃO O DA RETRANCA O DESLEAL.
    http://uaimeu10.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Caramba!
    Teu blog é ótimo.
    Apesar de não ter assistido o jogo (inteiro)eu acho que esse é um clássico, mas o resultado na minha opinião, já estava mais do que na cara. Apesar do Real ter Cristiano Ronaldo, Barça tem o Messi, e fala sério, o Messi é o cara!

    Estou seguindo.
    Parabéns pelo post, ficou ótimo.

    ResponderExcluir